Nova Perspectiva

29 abril 2015

Ed Sheeran - show 28 de Abril de 2015


Oie gente, aqui é a Má. Estou escrevendo meio morta (cansada mesmo) da maratona que foi o show, mas prometi que contaria cada detalhe de tudo o que vivi nesse primeiro encontro com o queridíssimo Ed então vamos lá.

Cheguei no Espaço das Américas com algumas amigas por volta das 7hrs da manhã. Havia uma única fila onde estavam misturadas as pessoas com ingresso para pista premium e pista comum. As 8hrs da manhã começou um tumulto e uma boataria de que as filas iriam se separar e isso rolou por mais de 1 hora, e era verdade. As filas se separaram e foi a maior bagunça. Toda essa confusão aconteceu porque avisaram algumas pessoas e outras não. Então toda a fila ficou desorganizada, pessoas que estavam lá atrás conseguiram ir para frente e outras que estavam na frente ficaram para trás. Aos poucos as pessoas se acalmaram e ocuparam  seu novo lugar na fila. Aí começou nossa maratona de mais de oito horas de comilança, bate-papo, novas amizades e muito UNO (sim Uno mesmo, aquele jogo de cartas.....até isso os ambulantes estavam vendendo além de chaveiros, camisetas, e etc.. etc.. etc..), foi um ótimo passatempo e #ficadica pra quem vai encarar a fila no show do RJ).


Abriram os portões para o concerto as 18:30, exatamente 1 hora antes do esperado. O show de abertura aconteceu às 20:30. O cantor que abriu o show foi o britânico Antonio Lulic, que contou durante o show que ele e Ed viviam tocando juntos antes do Ed ser um artista conhecido mundialmente. Antonio tocou músicas exclusivas dele e no fim de seu show, cantou uma parte da música de Carly Rae Jepsen “Call Me Maybe”. O estilo de música dele é muito parecido ao do Ed só que com a voz mais grossa. Ele é tão fofo que quis tirar selfie com todo mundo antes de sair do palco e prometeu que divulgaria em seu twitter, porém ainda não haha então segue a selfie desse fofo com a galera do Chile:

Vamos agora a parte que todos estavam esperando, O SHOW DO ED!!!! Ed entrou no palco as 21:40. No palco só havia ele, um violão, um suporte de microfone (com uma bandeira do Brasil amarrada) e o microfone. Em volta do Ed haviam seis telões. Esses telões capturavam mais de perto as feições do rosto do cantor, os pés e as mãos. Podia acontecer também de durante alguma música aparecer o clipe nos telões (como houve em Thinking Out Loud), imagens para representar a música (como em I See Fire onde apareceu o dragão do filme O Hobbit) ou apenas edições das próprias imagens do Ed ali na hora. Em Sing, última música, os telões mostraram os fãs que estavam no show levantando os celulares e tirando fotos, e juro, ficou bem bonito.

foto por @bnex

Ed trocou de violão a cada música e estava com uma camiseta da seleção brasileira que atrás tinha o seu nome escrito. Começou tocando I’m a mess e foi seguindo a setlist que eu já postei aqui. Ele ficava vermelho todas as vezes que gritavam “Ed eu te amo” e se arriscou no português dizendo um “obrigado”. Além disso, ele também falou durante o show que nunca esteve no Brasil, mas que estava adorando, disse que se sentia mais amado aqui do que na própria terra natal e que isso é louco. Sheeran também se divertiu com os fãs dizendo quando era a hora de cantarmos sozinhos e quando era para cantarmos juntos com ele ou, quando tínhamos que bater palma e balançar nossas mãos em algum refrão.

foto por @bnex

Confesso, o cara é bom. Ele superou todas as expectativas porque, estava em um palco sozinho (sim diferente de tudo o que eu já tinha visto em outros shows) e conseguiu fazer todo mundo cantar, gritar e vibrar a cada música que cantava. Sua música extra no show foi Kiss Me seguida de Thinking Out Loud. O show, que por ter 15 músicas dava a impressão que duraria tão pouco, durou quase 2 horas. Garanto que se ele cantasse mais umas 5 músicas todo mundo ficava. O show foi simplesmente, maravilhoso. Não tenho nem o que falar. Vale a experiência. Os 8.000 presentes no Espaço das Américas foram saindo com calma, meio que anestesiados e ao mesmo tempo felizes por terem participado de um momento tão único e emocionante.

  • Hoje, está acontecendo outro show no Espaço das Américas em São Paulo e queria muito estar lá. Sim, o show de ontem mal acabou e eu já querer um bis...hahaha e vocês? Quem foi gostou? Ou já esteve em um show que assim que acabou queria mais? Conta para mim nos comentários! Até o próximo post!
                    Não esqueça de curtir a página no face

4 comentários:

  1. Muito Bom !! Foi bem assim que aconteceu, vale muito a pena.. o Ed é demais !! Bruna Blois

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ele é fantástico!!!! hahaha beijos /Mari

      Excluir
  2. Mariii te conheci no show , tava atrás de vc :) falou do blog e eu procurei , parabéns pelo post :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serio? Ah, mentira!!! Poderíamos ter conversado muito mais hahahaha obrigada por ter procurado o blog. Beijão /Mari

      Excluir